Nick & Norah – Uma Noite de Amor e Música ***

Vence pela simpatia

Nick & Norah para abrir o novo blog. Filme tão irregular quanto simpático, este Uma Noite de Amor e Música seria um candidato mais que perfeito para as Sessões da Tarde de 2016, se não fosse uma rápida, singela e originalíssima cena de sexo entre os protagonistas, um dos pontos altos deste filme que tenta ter um diferencial em relação aos quilos de carne de vaca que vem sendo produzidos para os adolescentes espirituosos a cada ano. Não consegue, mas pelo menos não é tão afetado como Juno.

Falando nesse filme, o protagonista aqui também é o Michael Cera, que prova que os nerds dominaram mesmo o mundo. Kat Dennings, a filha histérica da Catherine Keener em O Virgem de 40 Anos, é a cara metade do protagonista. Cada um deles tenta esquecer seus respectivos ex-namorados (um mais canalha que o outro, ponto fraco do roteiro, soa maniqueísta demais) em uma aventura meio mecânica pela madrugada de Nova York.

É um sonho adolescente isto aqui, com bandas legais tocando em cada esquina, barzinhos e casas de shows à vontade, gasolina que não acaba mais e, o melhor de tudo, nenhum assaltante na rua – me questionei se o filme se passa mesmo na Terra, ou em alguma realidade alternativa.

Baseado em um livro (o que não é baseado em um livro hoje?), o filme não chega exatamente lá, mas é salvo pelo elenco, dos protagonistas adoráveis aos coadjuvantes legais – ei, quero ser amigo de Nick e Norah! Tem também pontas simpáticas de gente como John Cho, Jay Baruchel, Devendra Banhart e Andy Samberg. Apesar de não conhecer quase nenhuma banda da trilha, as músicas são legais, valem uma conferida.

Nick and Norah’s Infinite Playlist, de Peter Sollett (2008)Nick & Norah - Uma Noite de Amor e Música

Inédito nos cinemas brasileiros, disponível em Dvd & Blu-Ray pela Sony Pictures.

Anúncios

Uma resposta to “Nick & Norah – Uma Noite de Amor e Música ***”

  1. gorebahia Says:

    Não me agradou muito porque eu senti um clima de seriado o tempo inteiro, não consegui sentir que eu estava vendo um filme. Mas a trilha tem coisas muito legais mesmo, Vampire Weekend por exemplo que é genial. E essa cena de sexo consegue realmente ser a mais inspirada do filme todo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: